20 de Julho de 2018
geral@cm-amares.pt
20:29

Notícias Relacioandas

Não existem notícias relacionadas disponíveis.

Notícias

Notícias

XI Ultra Geira /Via Nova Romana juntou mais de 700 participantes

27-04-2018

Amares, acolheu, durante o dia de ontem, mais uma edição da mítica prova Ultra Trail da Geira /Via Nova Romana, iniciativa que juntou, no total, mais de 700 pessoas, que participaram nas várias modalidades da prova. Bruno Ferreira, do Águias de Alvelos, foi o grande vencedor da prova longa, de 50km, e que integra o Campeonato Nacional Ultra Trail Serie 100 TU (Grau 1). O atleta completou o percurso em quatro horas, nove minutos e 54 segundos.

Diogo Fernandes, representando a Dr. Merino/4Moove (04:12:11h) e Vítor Cordeiro, a EDV-Viana Trail (04:14:29h) completaram o pódio da prova principal, que decorreu entre Campo do Gerês, Terras de Bouro, e Caldelas, percorrendo parte da via romana que ligava Bracara Augusta e a Astúrica Augusta.

Em feminino, Catarina Fernandes, da Viriathus Runners Viseu, foi a primeira mulher a cortar a meta em 05:33:45h. Seguiram-se Susana Simões, da EDV-Viana Trail (05:40:40h) e Adriana Gomes, da Minho Aventura (05:42:26h).

Já no trail curto, com distância de 18km e a integrar o Campeonato Nacional de Trail Serie 100 TC (Grau 1) Victor Costa, da AD Amarante Trail Running, com 01:20:50h foi o primeiro atleta a finalizar o percurso entre S. Sebastião da Geira e Caldelas.

No segundo e terceiro lugares ficaram dois atletas da equipa Oralklass – Amigos do Trail:  António Braziela e Nuno Alves, com os tempos totais de 01:20:55 e 01:21:04 respetivamente.

Em femininos a vitória sorriu a Carla Moreira, da A.D. Amarante, com o tempo de 01:40:57, seguida de Maria Areias, da Oralklass - Amigos do trail, com o tempo de 01:42:38 e, finalmente, Alexandra Fernandes, da F50, com o tempo de 01:52:13.

Simultaneamente decorreu uma caminhada de 10 quilómetros nas imediações da Vila Termal de Caldelas.

Recorde-se que a Via Nova Romana constitui um património histórico, cultural e turístico único. As ruínas, as pedreiras ou os muitos marcos miliários da região – quantidade incomparável a outras áreas do Império Romano – são apenas alguns dos atrativos da Via Nova Romana.