19 de Novembro de 2017
geral@cm-amares.pt
04:36

Notícias Relacioandas

Não existem notícias relacionadas disponíveis.

Notícias

Notícias

VIRA POP 2017 TROUXE ANIMAÇÃO À VILA TERMAL DE CALDELAS

20-06-2017

Do Vira ao Pop, dos mais aos menos jovens, a edição de 2017 do Festival Vira Pop deu vida à Vila Termal de Caldelas, num fim-de-semana em que o calor humano, aliado ao tempo convidativo e a uma mescla entre música e cultura, serviram de ingredientes irresistíveis a dois dias intensos de bom ambiente e convívio entre gerações.

A aliança entre as tradições e o moderno contínua a ser a forte aposta deste festival que concilia o Vira do Minho ao que de melhor se faz no espetro da nova música portuguesa. Uma aposta ganha já que pelo jardim das termas passou o mais variado tipo de público. 

Este ano, o Vira Pop manteve a aposta em artistas do panorama nacional e acrescentou, ainda, uma banda estrangeira, vinda do Brasil – a ATR (Aeromoças e Tenistas Russas), num cartaz recheado que primou pelo ecletismo e pela qualidade das bandas. Pelo palco passaram, na noite de sexta-feira, Gobi Bear, Aeromoças e Tenistas Russas, Toulouse, Mirror People, Pega Monstro e Puto Márcio. Já para abrilhantar o dia de sábado e sob altas temperaturas a piscina de Caldelas acolheu Gin Party Soundsystem & Friends e o moinho serviu de palco a Lourenço Crespo. Já ao final da tarde, Sallim preparava com o seu espetáculo aquilo que prometia ser uma noite em grande e que se seguiu com as atuações Nice Weather For Ducks, White Haus, Luís Severo, Sensible Soccers, Ângela Polícia, Midnight. Pelo meio e ao bom género musical tipicamente minhoto Anjinho animou o público com os sons do Minho e a desgarrada.

Também o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, e o presidente da União de Freguesias de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, José Manuel Almeida, subiram ao palco para dar as boas vindas ao público e felicitar a organização deste que festival que se assume na opinião de ambos como “um marco” no panorama cultural de Amares, do Minho e que abarca já outras zonas do país.

O Vira Pop 2017 ganhou, nesta edição, um terceiro palco – a piscina de Caldelas – e teve como novidade o ‘vira copo’: pelo valor de cinco euros dava direito a um fino e à entrada na piscina. O recinto do festival disponibilizou uma zona de campismo para os visitantes e uma praça de restauração.

Recorde-se que a organização do evento, que mantém como uma das marcas a gratuitidade, esteve a cargo do Grupo de Jovens de Caldelas – Festão, com os apoios da Câmara Municipal de Amares e da Junta de Freguesia de Caldelas, Sequeiros e Paranhos.