28 de Abril de 2017
geral@cm-amares.pt
03:20

Notícias Relacioandas

Não existem notícias relacionadas disponíveis.

Notícias

Notícias

"PASSEIOS NATALÍCIOS" DÃO A CONHECER PRESÉPIOS DE RUA EM AMARES

17-01-2017

A manhã e o início de tarde de domingo em Amares ficou marcada por uma longa e diferente caminhada, “Passeios Natalícios”, pelos presépios de rua criados pela comunidade paroquial de São Paio de Seramil, São Tiago de Goães, Santa Marta de Bouro e Santa Maria de Bouro. A iniciativa, fruto de um repto lançado à população pelo grupo de jovens ACReditar de Santa Marta de Bouro e o seu pároco, Pe. Paulo Alexandre Neiva, para motivar e envolver a comunidade na construção de presépios de rua, juntou cerca de 180 participantes, entre eles, todos os presidentes de junta envolvidos e o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira.

Reconhecendo a importância destas ações “para criar laços e fortalecer o espírito de partilha entre os amarenses”, Manuel Moreira, enalteceu “o esforço e a dedicação da comunidade na construção destes presépios, bem como, de todos os responsáveis por esta iniciativa”.

Este roteiro de visitas pelos presépios de rua que teve como intuito, “engrandecer e valorizar o esforço que a comunidade, alegre e orgulhosamente, empregou na construção dos presépios, ajudando os participantes a contemplar a arte rural”, conforme explicou o Grupo de Jovens ACReditar de Santa Marta de Bouro, contou com a colaboração da Câmara Municipal de Amares, das diferentes paróquias envolvidas, com as juntas de freguesias de Seramil, Goães, Bouro Santa Marta e Bouro Santa Maria, com a Associação Recreativa Desportiva e Cultural “os Camponeses de Goães” e o Grupo de Catequistas de Bouro Santa Maria.

Note-se que nos últimos anos, o Grupo de Jovens ACReditar de Santa Marta de Bouro e o seu pároco têm vindo a motivar e a envolver a comunidade de Santa Marta de Bouro na construção de presépios de rua, de forma “a estimular e envolver cada um no espírito de entrega, alegria e jubilo”, tão própria da época natalícia. Tendo em conta elevada adesão, este natal decidiu estender o projeto às restantes comunidades paroquiais para produzir, nos diferentes lugares, os presépios de rua.