28 de Junho de 2017
geral@cm-amares.pt
04:36

Notícias Relacioandas

Não existem notícias relacionadas disponíveis.

Notícias

Notícias

ORÇAMENTO SUPERIOR A TREZE MILHÕES DE EUROS APROVADO EM ASSEMBLEIA MUNICIPAL

12-12-2016

Um Orçamento e Plano Plurianual “muito focado no investimento e que reflete a aposta na valorização do património material e imaterial, sustentabilidade ambiental e desenvolvimento económico; a par de políticas sociais e educativas responsáveis”, é desta forma que o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, define as Grandes Opções para 2017.

O Orçamento discutido na última Assembleia Municipal do dia 25 de novembro apresenta valores superiores a treze milhões e meio de euros, com destaque para as Funções Sociais, em particular a Educação, com uma verba de 2 668.104,00€ referente à requalificação da Escola EB23 e da Secundária.

Na apresentação do Orçamento Manuel Moreira destacou o empenho em torno da captação de investimentos provenientes do Portugal 2020, nomeadamente através da candidatura ao saneamento, orçada em mais de 4 milhões de euros e a do espaço de recreio e lazer da Ombra com cerca de 480 mil euros. Na senda dos investimentos estão também as Áreas de Reabilitação Urbana (ARU) com valores na ordem dos dois milhões, para intervenção na regeneração urbana (nomeadamente na Praça do Comércio). O Programa de Mobilidade capta verbas superiores a meio milhão de euros.

Já ao nível da Cultura, merece destaque o trabalho em parceria com outras entidades para valorização do património, nomeadamente o projeto intermunicipal em torno da memória e identidade do Minho, a Intervenção na Igreja de Santa Maria de Bouro e a valorização dos espaços da Abadia.

Na rede viária estão previstas obras de maior dimensão com o empréstimo de 1 000.000,00 € que aguarda o visto do Tribunal de Contas.

Para 2017 o Município canaliza verbas na ordem dos dois milhões de euros (concretamente 2 180 000,00€) para investimentos no capital humano, concretamente através da implementação de políticas responsáveis ao nível social, da saúde e da educação, como os transportes escolares gratuitos, a qualidade das refeições confecionadas em todos os centros escolares do concelho, as bolsas de estudo, o cartão sénior e as vacina infantis.

As políticas de emprego e empreendedorismo marcam também as atividades mais relevantes com medidas que visam a atração e fixação de empresas “De facto Amares vive muito dos Serviços e um concelho só cresce se tiver a capacidade de atrair investidores, o que temos feito de uma forma serena e com resultados. Só este ano, já apoiamos a criação de 20 novas empresas, com cerca de 20 mil euros e financiamos várias medidas de emprego junto do tecido económico e das instituições. E por isso, queremos continuar este estímulo e impulso junto do setor empresarial”, referiu o presidente.

Para as associações locais, estão destinadas verbas na ordem dos 400 mil euros, para além de subsídios ao investimento. As juntas de freguesias recebem transferências correntes e de capital com valores na ordem dos 714.560,00€, para além do permanente apoio ao nível de recursos humanos, técnicos e materiais.

O documento mereceu o voto favorável da maioria dos membros da Assembleia Municipal, tendo sido aprovado com 11 abstenções.