16 de Outubro de 2018
geral@cm-amares.pt
13:13

Notícias Relacioandas

Não existem notícias relacionadas disponíveis.

Notícias

Notícias

Município homenageou triunfo de jovens amarenses ao serviço do SC Braga

03-10-2018

A Câmara Municipal de Amares reconheceu, através da entrega de uma lembrança simbólica, o mérito de quatro jovens amarenses pertencentes à equipa técnica do SC Braga pela conquista da Supertaça de futebol feminino. O treinador da equipa, Miguel Santos, os treinadores adjuntos, Nuno Silva e Ricardo Pimenta, e a médica Judite Sousa, foram recebidos no Salão Nobre da Autarquia, pelo vice-presidente Isidro Araújo, e pelo vereador do Desporto, João Esteves.

“O Miguel, o Nuno, o Ricardo e a Judite conseguiram, ao serviço do clube que representam, alcançar um título de relevo nacional e entendemos que devíamos homenageá-los pelo seu notável desempenho e pela forma como esta conquista criou um sentimento de orgulho em todos os amarenses que viveram sentiram este título como seu”, referiu o vereador do Desporto, João Esteves.

“É sempre um orgulho ver alguém que é do concelho conquistar estes triunfos e não há dúvida de que estes, à semelhança de outros exemplos no nosso concelho, são profissionais promissores no mundo do desporto e que merecem ser reconhecidos. Naturalmente que este gesto de louvor se estende também a todas as jogadoras” sublinhou João Esteves.

O treinador da equipa feminina reconheceu que este foi um gesto que os deixou “extremamente sensibilizados e contentes”.  “Foi um feito com muito significado para o clube e podermos receber este voto de louvor deixa-nos extremamente felizes e também nos traz uma maior motivação e sentido de responsabilidade porque a partir deste momento passamos a ser vistos pelo executivo e pelas pessoas do concelho e de outra maneira, maneira essa que nos deixa orgulhosos e que nos irá continuar fazer continuar a trabalhar com o mesmo rigor, o mesmo empenho, e a mesma organização”, referiu, Miguel Santos

“Estamos de facto a trabalhar num clube grande do futebol português mas transportamos sempre connosco o facto de sermos amarenses e isso é algo que não se pode dissociar”, confessou o treinador.