28 de Junho de 2017
geral@cm-amares.pt
04:44

Notícias Relacioandas

Não existem notícias relacionadas disponíveis.

Notícias

Notícias

MUNICÍPIO DE AMARES ADQUIRIU TERRENO PARA PISTA DE ATERRAGEM DE PARAPENTE

05-08-2016

A Câmara Municipal de Amares adquiriu um terreno para melhorar as condições de aterragem de parapente, uma modalidade cada vez mais procurada no concelho. O espaço e zona abrangente vão ser alvo de algumas intervenções para que possa, com a maior brevidade, ser utilizado pelos praticantes deste desporto dos céus.

“A Autarquia comprou aquela bouça para que o Clube de Parapente AbouaAboua consiga trabalhar com as melhores condições e para que os seus alunos e pilotos possam usufruir em pleno das condições únicas que este concelho possui para a prática desta modalidade”, explicou o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, numa visita ao terreno, em que se fez acompanhar pelo vice-presidente e vereador do Desporto, Isidro Araújo, pela vereadora da Ação Social, Cidália Abreu, pelo presidente do AbouaAboua, Hugo Gonçalves, e pelo presidente da União de Freguesias de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, José Almeida.

“Este era um espaço que limitava a aterragem e que agora vai permitir que os praticantes de parapente finalizem o seu voo em melhores condições e, sobretudo, com a devida segurança”, frisou Manuel Moreira.

“A par da aquisição deste terreno há necessidade de fazer aqui umas pequenas intervenções, num terreno que não é nosso, mas faremos todos os esforços nesse sentido. De resto, já requalificámos os acessos até aqui e vamos continuar a trabalhar para que esta modalidade se mantenha com toda a força no concelho e continue a ter o sucesso a nível nacional que tem tido, trazendo cada vez mais gente para o nosso concelho”, sublinhou o autarca, aproveitando a ocasião para reconhecer o mérito e felicitar o Clube de Parapente AbouaAboua, que, este ano, se sagrou hexacampeão nacional de parapente.

O presidente do AbouaAboua, Hugo Gonçalves, lembrou que a escola de parapente tem cerca de 40 alunos ativos, e entre 35 a 40 pilotos federados, e que a aquisição deste terreno é condição “fundamental” para a evolução dos praticantes.

“Felizmente temos tido cada vez mais gente que nos procura, fruto também de sermos campeões nacionais, e como é óbvio é importante que tenhamos as melhores condições para oferecer aos nossos alunos”, começou por referir Hugo Gonçalves.

“Os pilotos autónomos conseguem aterrar em sítios mais estreitos, mas os alunos tem um plano de voo muito rígido e aterram num ponto definido, o que faz com que tenhamos de lhes dar condições para que o façam em segurança”, prosseguiu. Este terreno foi visto por diversos pilotos, com muita experiência de voo, e reúne boas condições para dar garantias aos praticantes, por isso, este investimento do Município de Amares é um passo determinante para podermos trazer para cá a escola, que neste momento por questões de segurança não está sediada aqui”, concluiu, Hugo Gonçalves.

Também José Almeida, presidente da União de Freguesias União das Freguesias de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, se congratulou com este investimento do Município de Amares, que na sua opinião constitui “uma forma de potenciar ainda mais a prática do deste desporto no concelho que reúne por si condições naturais de excelência para atrair os amantes desta modalidade”.