28 de Abril de 2017
geral@cm-amares.pt
03:26

Notícias Relacioandas

Não existem notícias relacionadas disponíveis.

Notícias

Notícias

FESTIVAL DE PAPAS DE SARRABULHO DE AMARES BATEU RECORDE DE VISITANTES

02-03-2017

O certame foi uma verdadeira montra daquilo que de melhor há no concelho

O XV Festival de Papas de Sarrabulho de Amares, que ontem encerrou portas, é apontado pela organização como “a melhor edição de sempre”, após ter registado um crescimento entre os 15 a 20% no que diz respeito à afluência de visitantes, superando significativamente os resultados alcançados no ano anterior.

“O balanço é extremamente positivo. Se o ano passado foi o melhor ano de sempre, até então, este ano superámos todas as expetativas ao atingir números nunca antes registados” refere Manuel Moreira, presidente da Câmara Municipal de Amares – entidade que organiza o certame em parceria com ACB (Associação Comercial de Braga) – congratulando-se com o sucesso da iniciativa, que decorreu na Escola EB 2,3 de Amares.

“Isto é sinal de que Amares e sua projeção estão no caminho certo. A nossa gastronomia e os produtos locais: como os produtos da terra, o nosso vinho verde, a nossa laranja (única) e artesanato (produtos exclusivos na sua qualidade) assumem-se cada vez mais como produtos de excelência e motivo de atracão, e, este certame é a prova viva disso”, destacou, o autarca referindo-se aos milhares de visitantes, entre amarenses e forasteiros vindos dos pontos mais diversos e longínquos, que acorreram ao certame, não só para a degustação do legendário prato em evidência – as Papas de Sarrabulho – mas também para “provarem” outros sabores e saberes do concelho.

O autarca congratulou-se, ainda, com um aumento de clientes nas unidades de alojamento do concelho durante os quatro dias do Festival, contribuindo para aquele que é um objetivo que ultrapassa o certame e que é a promoção turística do concelho, como destino de excelência.

Em diversos momentos, os cerca de 600 lugares disponíveis na praça da alimentação do recinto ficaram lotados, o que na opinião do vice-presidente da Câmara, Isidro Araújo, comprova, precisamente, o sucesso deste evento.

“Superou as expetativas e mostrou também a consolidação deste projeto. Há muito tempo que este festival gastronómico é conhecido na região norte e mesmo no país e, portanto, houve pessoas que vieram de todo o lado, contribuindo para que tivéssemos sempre casa cheia”, começou por referir Isidro Araújo.

Isidro Araújo lembra também que o certame tem uma marca muito própria por ser suportado nos seus bastidores por “prata da casa”.

 “É um bom exemplo na organização, na gestão e na execução e mostra um planeamento atempado por parte de uma equipa técnica muito bem preparada e muito competente que confere uma solidez naquilo que é Amares e na imagem que as pessoas vão tendo do concelho”, sublinhou, acrescentando: “Havia um trabalho que estava muito por fazer e que era promover o concelho fora de portas, mostrando os nossos pergaminhos na gastronomia mas também nos vinhos, que são cada vez mais uma marca muito forte, e que agora começa a dar frutos”.

Confirmado que está o sucesso desta edição, e dado o crescimento significativo do número de visitantes que sugere um aumento do espaço reservado à zona da praça da alimentação, a organização vai começar a perspetivar a edição a edição de 2018 e a possibilidade de aumentar a capacidade de acolhimento.

Expositores satisfeitos com o volume de vendas e promoção

Decorrida que está a XV edição do Festival de Papas de Sarrabulho de Amares, os oito restaurantes que se fizeram representar no certame: a Churrasqueira de Caldelas; o Restaurante A Rival - O Rei do Leitão; o Restaurante Carias; o Restaurante Casa Gil; o Restaurante Vale do Homem; a Quinta do Fernando; Recanto da Minhota, e o Restaurante A Tapada, foram unânimes ao reconhecer, também, o êxito desta edição, que se refletiu no volume de vendas.

“Foi muito positivo, um verdadeiro sucesso. Para mim correu a 100%, já participo neste certame há 14 anos e, sem dúvida alguma, posso dizer que este foi o melhor, ano de sempre, quer em termos de vendas, quer em termos de projeção, admitiu Manuela Silva.

A participar pela primeira vez no Festival de Papas de Sarrabulho, também Bruno Cunha reconheceu que foi uma “excelente forma de promover o seu restaurante e servir como rampa de lançamento à sua casa”.

Entre os representantes dos stands dos mais variados produtos em exposição: vinho verde de Amares, doces, licores, fumeiro, entre outros petiscos, que fizeram as delícias dos milhares de visitantes, Cristina Rodrigues, diz que “correu muito bem e que as pessoas aderiram muito”. “Estou aqui há quatro anos e esta foi a edição em que mais gostei de participar”.

Artesanato e produtos da terra em grande destaque

O Festival de Papas de Sarrabulho foi também uma montra daquilo que de melhor se faz e produz em Amares. A XIV edição veio dar o seu contributo para a dinamização de vários setores da economia local, nomeadamente os produtos da terra e o artesanato que contaram com um espaço especial situado numa tenda gingante logo à entrada do recinto reservada à venda e exposição de artigos de artesanato, produtos agrícolas e locais como forma de dar a conhecer, promover e valorizar aquilo que é da terra.

Festival de Papas juntou 700 seniores em bonito momento de convívio

Na tarde de segunda-feira, o recinto do Festival de Papas de Sarrabulho foi contagiado pela alegria e vivacidade de seniores utentes de diversas instituições de Amares e de concelhos limítrofes, num momento de convívio que juntou cerca de 700 pessoas.

À boa gastronomia, servida num almoço com um menu económico, juntou-se um concurso de máscaras com a atribuição de prémios individuais e de grupo e um baile de máscaras com animação ao vivo. “Todos os dias são importantes mas este foi, sem dúvida, um dos momentos altos e mais bonitos do Festival de Papas se Sarrabulho de Amares”, frisou Manuel Moreira, referindo-se à iniciativa que pretendeu proporcionar um dia diferente e repleto de alegria a esta faixa etária da população.

Amares “casou” Papas de Sarrabulho e Carnaval

Para além de se ter enchido de gente por estes dias para apreciar a tão deliciosa gastronomia, Amares vestiu-se de cor para acolher outro dos maiores atrativos por esta altura no concelho – o corso carnavalesco.

‘Geringonça’ foi a palavra que serviu de inspiração para o desfile de Carnaval de Amares, que ontem saiu à rua trazendo alegria a uma verdadeira multidão que se juntou para assistir à passagem do corso que brincou, entre outras coisas, com a situação política nacional, na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos da América, bem como, com a vitória de Portugal no Campeonato da Europa de Futebol, ou ainda, com a sátira ao ´Brexit ou impulsão`. 

Organizado pelo CDRC Amarense - Clube Desportivo, Recreativo e Cultural Amarense o desfile percorreu as principais artérias, entre o campo de futebol do Amarense e a Câmara Municipal de Amares, num alegre momento protagonizado por 9 carros alegóricos e mais de 200 participantes.

“Correu muito bem e destaco, sobretudo, a participação da equipa de trabalho, a dinâmica, o empenho dos jovens na construção dos carros e das senhoras que confecionaram as roupas com toda a dedicação”, referiu Martinho Antunes, lembrando o contributo deste momento para “a dinamização da população em torno de um projeto da comum”, antes de deixar uma palavra de agradecimento a todas as entidades/pessoas que dão o seu contributo para que o desfile de Carnaval de Amares se concretize.