28 de Abril de 2017
geral@cm-amares.pt
03:19

Notícias Relacioandas

Não existem notícias relacionadas disponíveis.

Notícias

Notícias

AMARES ACOLHEU SESSÃO DE ESCLARECIMENTO SOBRE EMER-N – EMPREENDEDORISMO EM MEIO RURAL NA REGIÃO

17-03-2017

O Salão Nobre da Câmara Municipal de Amares acolheu, esta manhã, uma sessão de divulgação do projecto EMER-N - Empreendedorismo em Meio Rural na Região, um instrumento de alavancagem dos micros e pequenos negócios, adaptado aos condicionalismos e particularidades do meio rural, com a finalidade de criar uma envolvente positiva, de suporte ao aparecimento e crescimento das empresas e do emprego na região norte do país. A iniciativa foi promovida pela ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem.

O projecto, que intervém em 85 municípios da região Norte, nos quais se incluem os do Cávado (Amares, Barcelos, Braga, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde), área de ação da ATAHCA, visa o reforço da competitividade das PME, a valorização e promoção das economias locais, a revitalização do conhecimento e dos saberes locais e regionais e contribuir para fixar a população local.

A este propósito, a vereadora da Ação Social e Educação do Município de Amares, Cidália Abreu, a quem coube a abertura da sessão (juntamente com o presidente da ATAHCA, José Mota Alves), destacou a importância de agarrar este género de incentivos “para dinamizar e impulsionar a economia local” e lembrou que o Gabinete de Emprendedorismo do Município de Amares fará a ponte esta associação para apoiar esta iniciativa.

O EMER-N, que decorre até 2018, vai incluir atividades de apoio aos empreendedores e micro e pequenos empresários, através de mentoria e acompanhamento permanente por técnicos de competência e experiência comprovada, definição de um plano personalizado de avaliação e intervenção para cada promotor, consultoria especializada por investigadores das entidades de ensino superior, acesso a ações de promoção e divulgação própria, integração numa rede regional de negócios única, acesso a opções de financiamento próprias, utilização do label EMER-N nos seus produtos e serviços.

O projeto é financiado pelo Programa Operacional Regional NORTE 2020 através do FEDER, que arrancou no início de Setembro de 2016. Com um custo total elegível de quase 2 milhões de euros, conta com um apoio de cerca de 1,7 milhões de euros em Fundos da União Europeia.

Os interessados podem inscrever-se gratuitamente através do site: http://www.emern.pt/inscricao/.